25/11/2014

China tem 274 mil estudantes nos EUA; Brasil, só 13 mil

Coreia do Sul, com ¼ da população brasileira, tem 5 vezes mais alunos nos Estados Unidos
O Brasil tem hoje 13.286 estudantes de graduação matriculados nos Estados Unidos, número 20 vezes menor que o da China, com 274 mil alunos nessa situação. A população brasileira é 6,5 vezes menor que a da China.
A disparidade se repete na comparação com outro país asiático, a Coreia do Sul, que também supera com folga o Brasil. Com uma população de 50,2 milhões –um quarto da brasileira– tem 68 mil estudantes matriculados nos EUA, cinco vezes mais que o Brasil.
Os dados foram extraídos do relatório Open Doors, divulgado anualmente desde 1919 pela organização norte-americana IIE.
O Brasil evoluiu nos últimos anos na promoção de intercâmbio internacional para seus estudantes de graduação. O principal vetor desse fenômeno é o programa Ciência sem Fronteiras.
Os estudantes brasileiros compõem hoje 10º maior grupo em universidades norte-americanas. De 2012 para 2013, seu tamanho cresceu 22%, maior taxa entre os países do ranking (tabela abaixo).
Arte
Alunos que têm a oportunidade de morar no exterior retornam com a cultura enriquecida e potencial para impulsionar o desenvolvimento brasileiro. Mas apesar dos avanços, os dados do relatório Open Doors sugerem que o Brasil segue aquém da sua potencialidade.

De 2010 até hoje, o número de alunos brasileiros nos EUA cresceu 51%. No mesmo período, o número de chineses na mesma situação aumentou 74%.

Justiça de Pernambuco determina bloqueio de contas da Petrobras

Foto: divulgação
Protesto dos trabalhadores da Refinaria Abreu e Lima. Foto: divulgação
Depois de anunciar que os ativos financeiros da Petrobras poderiam ser bloqueados, através do sistema Bancejud, a juíza Josimar Mendes da Silva, da 1º Vara do Trabalho de Ipojuca, em Pernambuco, determinou em despacho expedido nesta terça-feira (25) o bloqueio das contas da estatal. Será confiscada a quantia de R$ 126,6 milhões. O dinheiro vai ser transferido para as empresas que prestam serviços à estatal para a quitação das dívidas com os funcionários da Refinaria Abreu e Lima, no Complexo Portuário de Suape.
Os trabalhadores da Alumini que atuam na Refinaria reclamam de atraso no pagamento de salários e benefícios. Se descumprir a medida, a Petrobras terá que pagar, também, multa diária de R$ 100 mil.
O Sintepav, sindicato que representa os trabalhadores da construção pesada, deu entrada no pedido para bloquear as contas da estatal. De acordo com a entidade, o valor deve estar disponível nas contas das empresas na próximo quinta-feira (27).
No despacho, a juíza informa ainda que, computando-se todas as tabelas já mencionadas, a dívida trabalhista chega a R$ 137.532.980,17, quando a Petrobras só comprovou o deposito de R$ 10.865.246,28.
A Refinaria Abreu e Lima teve todas as licenças para sua operação aprovadas e pode começar a operar ainda em 2014. Ela está no centro das denúncias de desvio de dinheiro público investigado pela Operação Lava Jato. As suspeitas são de que cerca R$ 10 bilhões tenham sido desviados da Petrobras para o pagamento de empreiteiras e parlamentares.
Veja a íntegra da orientação da juíza:

AÉCIO E O IMPEACHMENT: “É UMA DAS SANÇÕES”

:
Após breve descanso, presidente do PSDB volta com pilhas recarregadas; entre a linha moderada do partido, praticada pelos governadores Geraldo Alckmin e Marconi Perillo, e a tropa de choque com Aloysio Nunes e Carlos Sampaio, Aécio Neves fica com colegas de Brasília; "Dilma já cometeu crime de responsabilidade", atacou ex-candidato, em entrevista, referindo-se a remanejamento de verbas acima de 20% do Orçamento; "Eu não quero falar essa palavra ainda, mas é uma das sanções", respondeu Aécio sobre questionamento de impeachment contra presidente Dilma Rousseff; ele usou de uma imagem de espionagem internacional para falar sobre Joaquim Levy, escolhido para o Ministério da Fazenda: "É como se um grande quadro da CIA fosse comandar a KGB"
Após um breve descanso, o ex-candidato, senador e presidente do PSDB, Aécio Neves, reassumiu seu posto no comando da tropa de choque do partido contra a presidente Dilma Rousseff. Para quem esperava, porventura, um político moderado nessa fase de transição de equipe econômica, como têm sido os governadores tucanos Geraldo Alckmin (SP) e Marconi Perilo (GO), aconteceu exatamente o oposto.
Irritado com duas decisões do Senado, nesta terça-feira 25, Aécio abriu baterias, primeiro, na tribuna da casa e, em seguida, em entrevista. O senador mineiro atacou a decisão da comissão de Orçamento de aprovar o projeto governista que acaba com a meta de superávit fiscal. Neste tema, ele afirmou que a presidente Dilma Rousseff "já está cometendo crime de responsabilidade", por ter, segundo ele, remanejado mais de 20% das verbas orçamentárias na forma como foram aprovadas pelo Congresso.
Moderado Aécio só foi no modo, mas no objetivo atuou no ataque. "Não quero falar essa palavra", respondeu ele, a respeito de uma pergunta sobre a possibilidade de um processo de impeachment contra Dilma. "Mas essas é uma das sanções legais", completou.
Abaixo, a entrevista de Aécio:
Com o sr. avalia o momento político da presidente Dilma Rousseff?
Aécio Neves - Vejo hoje uma presidente da República sob chantagem, da sua própria base. Estamos vendo  que a dependência dela é tão grande da base, que ela inicia um governo como se estivesse terminando. Ela não tem liberdade para montar o seu governo. Ela hoje monta seu governo em função da dependência absurda que ela tem no Congresso. Isso acontece porque ela cometeu crime de responsabilidade. A lei orçamentária é muito clara. Ela permite o remanejamento, mas Dilma já cometeu esse crime porque a lei orçamentária permite o remanejamento de até 20% de cada dotação, desde que se cumpra a meta fiscal. Esse remanejamento vem ocorrendo e o governo já sabia que não cumpria a meta fiscal e vem ampliando, pedindo créditos para gastar ainda mais. O que se quer agora e que modifique-se a meta e aí ela não receba a sanção. Essa lei vai ser conhecida como a lei da anistia da presidente Dilma, se for aprovada. Eles têm maioria, mas o nosso papel é denunciar isso e em última instância ir ao Supremo Tribunal Federal, que é o que nós vamos fazer.
Esse crime de responsabilidade fiscal pode levar ao impeachment da presidente?
Eu não quero falar essa palavra ainda, mas é uma das sanções. Não podemos viver num país onde a legislação é alterada em função dos interesses do governante de plantão e de uma eventual maioria que amanhã pode estar no outro campo. Aí altera-se novamente a lei? O papel da oposição é lutar politicamente. O que vai acontecer, não se iludam, é que a nota de crédito do Brasil vai ser rebaixada. Isso significa menos empregos e menos desenvolvimento. Quem paga ao final desta conta de um governo ineficiente, perdulário, que enganou a população brasileira é o cidadão brasileiro, principalmente o mais pobre.
O que o sr. achou da indicação de Joaquim Levy para o Ministério da Fazenda?
É uma decisão da presidente. É um quadro qualificado, com quem tenho uma relação pessoal. Mas fico com uma expressão usada hoje pelo ministro Armínio Fraga, que viu na indicação de Joaquim Levy como se um grande quadro da CIA fosse convidado para comandar a KGB. 

Auditores da Receita no Rio são suspeitos de desviar R$ 1 bilhão



Auditores da Receita no Rio são suspeitos de desviar R$ 1 bilhão
Auditores da Receita no Rio são suspeitos de desviar R$ 1 bilhão
A Polícia Federal cumpriu nesta terça-feira (25) mandados de prisão e condução coercitiva (encaminhamento à delegacia) contra 35 auditores da Receita Federal, contadores e empresários. Eles são suspeitos de provocar um prejuízo de R$ 1 bilhão aos cofres públicos, por meio da redução indevida de impostos para beneficiar empresários.
Rio e Niterói
Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos nas casas de auditores fiscais, em empresas e nas delegacias da Receita Federal das cidades do Rio de Janeiro e de Niterói (no Grande Rio). Os suspeitos estão prestando depoimento na Polícia Federal e deverão responder pelos crimes de patrocinar, direta ou indiretamente, interesse privado perante a administração fazendária.
Detalhes
As penas podem chegar a 12 anos de prisão. A investigação, que conta com o apoio da Receita Federal, foi iniciada há dois anos pela Delegacia de Polícia Federal de Niterói. Os mandados foram cumpridos por 248 policiais e 54 funcionários da Receita.

Estudante é morto em ônibus escolar de Guaiúba


A Polícia Militar de Guaiúba, na Região Metropolitana de Fortaleza, registrou, na manhã desta segunda-feira (24), por volta das 07h30, mais um homicídio. A fatalidade aconteceu dentro de um transporte escolar do município, e teve, como vítima, o estudante Jocildo Coelho de Sousa, de 16 anos.

Segundo informações obtidas pela PM, a vítima foi agredida com uma facada por Mailson Alves Maia, de 19 anos. Os dois já tinham desavenças e, ao se encontrarem, tiveram mais uma discussão, que ocasionou a morte do menor de idade. O acusado não era estudante e estava de carona no veículo escolar.

O estudante foi socorrido e levado para o hospital de Guaiúba, mas não aguentou os ferimentos e veio a óbito.

As autoridades trabalham para efetuar a prisão do acusado, que está foragido. Uma investigação está sendo feita para saber que tipo de desavença e o teor da confusão que resultou na morte do estudante.

*Com informações de Zezinho Queiroz.

Ciro Gomes x Roberto Pessoa

Ciro Gomes (PROS) e Roberto Pessoa (PR) são adversários políticos e vão se encontrar no Fórum.
Ciro x Roberto Pessoa

Humberto Costa enrolado

P
Tudo bem que o senador Humberto Costa, líder do PT diga que não recebeu R$ 1 milhão em propinas do dinheiro roubado da Petrobras. Mas afirmar que não teve qualquer relacionamento com o Paulo Roberto Costa é exagero.
Todo mundo sabe em Pernambuco que o senador Humberto Costa estendia tapete vermelho para o diretor da Petrobras que implantou a refinaria Abreu e Lima.
Paulo Roberto Costa também esteve no Ceará, no Pecém e em outros estados onde tem Petrobras. É natural. Costa foi infeliz na visão dos líderes do Senado, seus colegas.

Prefeito cearense é afastado por improbidade administrativa

Além do gestor, secretários municipais foram presos

O prefeito do município de Madalena, 180 km de Fortaleza, teve mandato suspenso nesta terça-feira (25), após uma operação da Polícia Civil em parceria com o Ministério Público. Zarlul Kalil Filho (PROS) e mais 26 funcionários públicos foram afastados por improbidade administrativa. 

As ordens judiciais para busca e apreensão da chamada operação “Caixa Preta”, foram proferidas pela Vara Única da Comarca de Madalena. Além do prefeito, foram presos secretários municipais, assessores jurídicos e membros da Comissão de Licitação. 
De acordo com um trabalho do Ministério Público, a ação de improbidade investiga fraudes em licitações entre os anos de 2013 e 2014. Os desvios podem chegar a R$ 7 milhões. 
Os detidos foram encaminhados para a Delegacia Regional de Polícia Civil, onde prestaram depoimentos. Logo após, o grupo foi conduzido ao Instituto de Perícia Forense de Canindé, para exame de corpo delito. 
No lugar de Zarlul, assumiu o vice-prefeito Eurivando Vieira. 
Todos os bens dos envolvidos, assim como a quebra de sigilo bancário foram solicitados. 

Tasso Jereissati: Brasil chegou ao “fundo do poço da corrupção” com o escândalo da Petrobras

O senador eleito Tasso Jereissati (PSDB) amanheceu, nesta terça-feira, ao lado de sua mulher, Renata, nos EUA. Mais precisamente em Cleveland, onde se submeterá ao seu tradicional check up de fim de ano.
Tasso, bom destacar, de coração, diz estar torcendo para que Joaquim Levy seja mesmo o indicado para novo ministro da Fazenda de Dilma. O nome agrada ao PSDB, observa ele, que prevê um 2015 dos mais difíceis para a economia do País. “O problema é o PT atrapalhar!, acentua.
Sobre a onda de corrupção, o tucano defendeu apuração e punição rígida de corruptos e corruptores, porque o Brasil, com o escândalo envolvendo sua maior estatal – a Petrobras, chegou “ao fundo do poço da corrupção” .

Camilo Santana fez campanha, ganhou e, só agora, fecha o plano de governo

Com o título “Bom modelo, mas chega tarde”, eis tópico da Coluna Política do O POVO desta terça-feira, assinada pelo jornalista Érico Firmo. Ele critica a demora com que o governador eleito Camilo Santana (PT) tratou seu plano de gestão. Confira:
Interessante a metodologia adotada por Camilo Santana (PT) para formular seu plano de governo, trazendo pensadores interessantes e qualificados e abrindo espaços para a população opinar. Mas isso tudo podia ter sido feito antes. A participação e a construção coletiva são princípios norteadores do que há de mais atual e bem-sucedido em gestão. Mas não pode servir para justificar que o eleitor vote sem conhecer o programa do candidato. Era possível fazer tudo isso e entregar o programa antes da eleição. Espanta-me, e lamento muito, inclusive, que o eleitor ainda aceite votar sem que o programa seja apresentado. Como já mencionei outras vezes, o programa pode ser um problema para candidatos, que são alvo de cobrança e potenciais críticas, Marina Silva que o diga. Justamente por isso, são valiosos para os eleitores. Servem para acompanhar e fiscalizar os governos, comprometidos com metas reais.
Com todo o interessante modelo de debate feito por Camilo, fico me questionando a situação do eleitor que votou no candidato esperando uma coisa e de repente se deparar com propostas com as quais não concorda no plano de governo. Afinal, mesmo que o modelo seja participativo, todo governo precisa contrariar interesses, mexer em questões polêmicas. A não ser que não faça nada de importante. Se o eleitor, então, descobrir que discorda do que o candidato em que votou propôs, pois o plano só saiu depois da eleição? É, do ponto de vista do processo democrático, bem complicado e equivocado.
(O Povo)

24/11/2014

Diretor de empresa entrega notas de suposta propina de R$ 8,8 mi

Diretor de empresa entrega notas de suposta propina de R$ 8,8 mi
Portal de Notícias de Senador Sá
A defesa do diretor da Galvão Engenharia Erton Medeiros Fonseca, preso na sétima fase da Operação Lava Jato, da Polícia Federal (PF), entregou nesta segunda-feira (24) à polícia comprovantes do pagamento R$ 8,8 milhões de propina a uma pessoa que teria se apresentado como emissário da Diretoria de Serviços da Petrobras. De acordo com a Agência Brasil, o advogado José Luis Oliveira Lima, representante do diretor, alega que a empresa foi obrigada a pagar propina por meio da LSFN Consultoria Engenharia, entre 2010 e 2014. Segundo ele, havia ameaça de retaliação nos contratos que a Galvão Engenharia tinha com a Petrobras caso não houvesse o pagamento dos valores estipulados de "maneira arbitrária, ameaçadora e ilegal". De acordo com a planilha apresentada, foram feitos 23 pagamentos entre 2010 e 2014 a Luís Fernando Sendai Nakandakari e a Juliana Sendai Nakandakari. A confissão de pagamento de propina é uma das estratégias das defesas dos executivos de empreiteiras. Na semana passada, Sérgio Cunha Mendes, vice-presidente da empreiteira Mendes Júnior, também confirmou em depoimento à PF o pagamento de propina de R$ 8 milhões ao doleiro Alberto Youssef.

Fora da toca


Quem canta, seus males...
Quem canta, seus males…
A primeira aparição pública de Bispo Marcelo Crivella após a derrota eleitoral será na quinta-feira, em São João de Meriti, na Via Show, uma das maiores casas de espetáculos do Rio.
Vai fazer um show pelos 25 anos de carreira e, de quebra, lançar um disco duplo.

Igreja submersa volta a aparecer por causa da seca


Igreja do Sagrado Coração de Jesus em Petrolândia (Foto: Paula Cavalcante/ G1)


Há 26 anos a velha cidade de Petrolândia, no Sertão de Pernambuco, foi inundada para a construção da Usina Hidrelétrica Luiz Gonzaga. Após a inundação, apenas o topo da Igreja do Sagrado Coração de Jesus ficou visível. Hoje, por conta da estiagem, o volume do Lago de Itaparica reduziu e praticamente metade da estrutura do templo pode ser visualizada.

As algarobas ao redor da construção também podem ser vistas, bem como uma caixa d'água de uma escola da velha cidade. A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) informa que o volume útil da barragem atualmente é de aproximadamente 16%. No último período chuvoso, o armazenamento máximo do reservatório de Itaparica foi de 44,3%.

Velha Petrolândia foi inundada em 1988 para construção de hidrelétrica (Foto: Paula Cavalcante/ G1)


A situação prejudica as principais atividades econômicas do lugar. A agricultura, baseada na fruticultura irrigada, registrou uma baixa na produção. Dos aproximadamente 2.000 agricultores, praticamente todos tem a terra mas não estão plantando mais nada. "As estações de bombeamento dos perímetros irrigados já não conseguem captar a água suficiente para atender a demanda dos plantios que existem. Isso já paralisou a produção do município e apenas fruteiras que já estavam produzindo continuam a produção", explica o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Pesca, Rogério Viana.

Para a agricultora Joana Nogueira fica a tristeza de não poder continuar o cultivo. "Tenho minha propriedade e sou impedida de plantar no meu próprio lote porque não é garantido a água", conta.

A prefeitura realiza algumas ações para minimizar os efeitos da seca. "Temos disponibilizado equipamentos para abertura e limpeza de canais de aproximação, para que os agricultores irrigantes consigam captar a água. Estamos articulando um grande encontro de instituições para discutir a situação atual. Ver quais são as perspectivas de chuvas. E quanto pretende-se baixar o nível do lago para que em cima disso possa ser feito um planejamento. A gente trabalha também com a hipótese das chuvas serem insuficientes e chegar ao caos, numa situação que a agricultura irrigada tenha que parar", observa o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Pesca. Já em relação à pesca, uma reunião está marcada com representantes do Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) para definir ações.

As comunidades rurais também sofrem com a estiagem. A agricultora Lucicleide Maria do Nascimento trabalha em uma produção agrícola, mas não cultiva nada em casa. Ainda assim, a família dela tenta controlar a quantidade de água utilizada para consumo humano, pois a localidade costuma ficar até três dias seguidos sem o líquido até para beber. "Tem que economizar bastante para não faltar. Quando a água chega nós colocamos em uma caixa d'água para ir usando", diz.

Palmirinha é considerada a nova integrante do “Hoje em Dia”

A apresentadora também deve ir para a Record
A apresentadora também deve ir para a Record
A ida de Palmirinha Onofre para o programa “Hoje em Dia”, da Record, está praticamente confirmada, só falta assinar. Ela já é considerada a nova integrante do matinal, que passará por reformulações no ano que vem, podendo ter alguns dos apresentadores substituídos.
Sua chegada, no entanto, não eliminaria Celso Zucatelli, Chris Flores nem Edu Guedes, já que ambos tem um carinho especial por ela. Mas como aponta a coluna Em Off, ela não deverá aparecer todos os dias ao vivo na atração, já que tem 83 anos e também precisa de descanso.
Seu retorno à emissora vem sendo arquitetado por Paulo Franco, da superintendência artística e de programação da emissora. Ele foi o responsável por seu trabalho na Fox, o “Programa da Palmirinha”, que volta ao ar em janeiro no canal pago, com os episódios já gravados.
Uma quarta temporada da atração não está descartada. Palmirinha começou a fazer sucesso na televisão na própria Record, quando participava do programa “Note & Anote”, com Ana Maria Braga. Mas na época, ela não era contratada da emissora.

Filho de comentarista do ‘‘Bom Dia Brasil’’ é encontrado morto

Filho do jornalista Alexandre Garcia é encontrado morto - Reprodução
Alexandre Garcia.
Filho de Alexandre Garcia morre em Brasília
Portal de Notícias de Senador Sá
 
O filho de Alexandre Garcia, que é jornalista da Globo, Gustavo Nunes Garcia, de 27 anos, foi encontrado morto. O corpo foi achado na madrugada deste domingo (23) no apartamento em que vivia com a mãe, em Brasília, na Asa Norte.
De acordo com o ‘‘UOL’’, a Divisão de Comunicação da Polícia Civil do Distrito Federal já confirmou a informação, porém, a causa da morte não foi divulgada.
Um inquérito já foi aberto para apurar o caso da morte, mas, como o rapaz não saiu de casa, trabalham com a hipótese de suicídio. De acordo com ‘‘O Fuxico’’, ele era bastante discreto, portanto, não há mais informações.
O velório e o enterro de Gustavo aconteceram na tarde do domingo (23). A assessoria da Globo não soube informar quanto tempo Alexandre Garcia, que, atualmente, é comentarista do ‘‘Bom Dia Brasil’’, vai ficar afastado do jornalístico.

Presidente do PPS do Ceará diz que partido fará oposição responsável a Camilo Santana

alexandre pereiraaa
“Faremos uma oposição responsável”, disse, nesta segunda-feira, o presidente regional do PPS, Alexandre Pereira, ao ser indagado sobre a posição que o partido adotará com relação ao futuro Governo Camilo Santana (PT). Ele deixou claro que não apoiou o PT, em nenhuma esfera, mas que agora o objetivo é acompanhar a próxima gestão na condição de fiscal.
O PPS, segundo Alexandre Pereira, elegeu Tomas Holanda para deputado estadual e Moses Rodrigues para deputado federal. Os dois estão orientados a apoiar o Estado naquilo que for de fato do interesse da população e se opor no que a legenda avaliar como prejudicial aos interesses da sociedade.
Sobre o novo Governo Dilma Rousseff, o dirigente estadual do PPS, na condição de também empresário, mostrou-se preocupado com 2015. “Será um ano difícil para a economia e o governo terá que fazer as reformas tão aguardadas pela população, entre elas a trabalhista, tributária e política”, acentuou.
Alexandre Pereira é também vice-presidente da Federação das Indústrias do Ceará e conselheiro da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Projeto Mulher de Lei será apresentado em Guaramiranga

tiao simpatia
Cantor e compositor Tião Simpatia será atração no evento.
A campanha “16 Dias de Ativismo pelo fim da Violência contra as Mulheres” chega ao Maciço de Baturité. Nesta segunda-feira, às 19 horas, o movimento acontecerá em Guaramiranga, na Praça do Teatro Rachel de Queiroz. A programação inclui palestra com a defensora pública e Coordenadora Estadual de Políticas para as Mulheres do Ceará (CEPAM), do Gabinete do Governador, Mônica Barroso, que fará um diagnóstico da violência doméstica no Ceará e sobre as políticas públicas que o Estado vem criando para enfrentar o problema.
Em seguida, haverá show do cantor, compositor e arte educador Tião Simpatia, autor do cordel e da música alusiva à Lei Maria da Penha e ainda do DVD intitulado Mulher de Lei. A campanha é promovida pela CEPAM com a realização a cargo do Instituto Maria da Penha – IMP, e conta com o apoio da Coelce e Prefeitura Municipal de Guaramiranga, por meio das Secretarias de Cultura e Ação Social.

PR não quer PT presidindo a Câmara dos Deputados, avisa Gorete Pereira

goretepereiraadq
Gorete desembarcando da base do petismo.
A deputada federal Gorete Pereira (PR) garante que seu partido não vai endossar nome do PT para a presidência da Câmara dos Deputados. Pode ser qualquer outra opção, mas nada de petista, dentro do propósito de que o PMDB teria melhor credencial para ocupar a vaga.
O PR, claro, também quer ter seu espaço na futura mesa diretoria da Câmara. Gorete só não disse se ela, já bem conhecida na Casa, poderia ter nome indicado nessa mesa eclética sem petista.

Globo pode facilitar ida de Xuxa para a Record

Emissora não pretende criar empedimentos para a mudança da loira

A ida de Xuxa Meneghel para a Record é algo mais tangível do que se imagina, informa a coluna "Canal 1", assinada pelo jornalista Flávio Ricco.
Segundo a publicação, como a apresentadora está sem previsão de um novo trabalho na emissora, a Globo poderá faciliar a sua saída, mesmo que para a Record. 
Portanto, é muito provável que a negociação entre a loira e o canal da Barra Funda apresente importantes desdobramentos nos próximos dias. 

23/11/2014

Estimativa oficial de crescimento da economia neste ano cai para 0,5% .Do agregador de notícias Ceará em Revista

A equipe econômica reduziu de 0,9% para 0,5% a previsão oficial de crescimento da economia brasileira para este ano. O número consta do Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas Primárias, divulgado na sexta-feira (21) pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. IPCA A estimativa de inflação oficial, pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), para 2014, aumentou de 6,2% para 6,45%, próximo do teto da meta: de 6,5%. Apesar de o relatório ser divulgado pelo Planejamento, as projeções em relação à economia são de autoria da Secretaria de Política Econômica, do Ministério da Fazenda.



PIB
Apesar da redução na estimativa de crescimento, a projeção para o Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos no país) está mais otimista que as previsões do mercado. Segundo a última edição do boletim Focus, pesquisa semanal com instituições financeiras divulgada pelo Banco Central, os analistas projetam crescimento de apenas 0,21% para o PIB brasileiro neste ano. Em relação à inflação, no entanto, a estimativa oficial é mais pessimista. As instituições preveem IPCA de 6,4% para 2014.

Crescimento 
O governo também reduziu, de 3% para 2%, a estimativa de crescimento para 2015, e aumentou de 5% para 6,1% a previsão de IPCA para o próximo ano. Os valores constam de mensagem enviada ao Congresso Nacional. 

E ainda
 Os números vão orientar a elaboração do Orçamento Geral da União para o próximo ano, atualmente em tramitação na Comissão Mista de Orçamento do Congresso. As estimativas também estão mais otimistas que as das instituições financeiras, que acreditam em crescimento de 0,8% e inflação de 6,4% no ano que vem.

Campanha tucana



A partir de 15 de dezembro, Aécio Neves lança uma campanha nacional para aumentar o número de filiados do PSDB.

A lei que promete ser o pesadelo para empresas corruptas

Congresso aprovou em julho de 2013 lei para fechar o cerco a empresas que integram esquemas de corrupção. Mas até hoje Dilma não editou decreto para regulamentar medida

Quando se pensou a lei, a ideia era que a empresa sempre fosse responsabilizada. Se a lei pudesse ser aplicada no caso da operação Lava Jato, as empreiteiras não seriam poupadas" Luiz Navarro, ex-secretário-executivo da CGU

Em dezembro de 2003, entrou em vigor no país o decreto de criação do Conselho de Transparência Pública e Combate à Corrupção, um colegiado destinado a pensar medidas de aperfeiçoamento da administração pública e estratégias de enfrentamento de irregularidades. A época era próspera para o engenheiro Paulo Roberto Costa, que mantinha uma sólida carreira na Petrobras e estava prestes a ocupar a poderosa diretoria de Abastecimento da estatal – posto do qual ele operou o mais vultuoso esquema de desvio de recursos públicos de que se tem notícia no Brasil.
Dez anos depois, o Congresso Nacional aprovou a chamada Lei Anticorrupção, endurecendo – enfim – o cerco a empresas que abastecem propinodutos e abrindo espaço para que elas sejam penalizadas, inclusive, com a dissolução obrigatória se tiver se beneficiado de malfeitos. A manifestação tardia do Congresso sobre a importância de estancar esquemas de corrupção ficou mais evidente nos últimos meses, período no qual o país tem sido surpreendido diariamente com a ousadia de empresários e lobistas que, com a bênção de políticos, articularam o megaesquema de lavagem de dinheiro que movimentou pelo menos 10 bilhões de reais. Não é exagero afirmar que a existência há mais tempo de uma lei dura poderia ter inibido o assalto aos cofres da Petrobras com a participação das maiores empreiteiras do país.

“A lei trouxe um impacto inibidor da corrupção, uma vez que agora é possível alcançar diretamente o agente corruptor, ou seja a empresa, e em seu patrimônio”, diz o ministro da Controladoria Geral da União, Jorge Hage. Para ele, ao punir as companhias corruptoras pela via administrativa, o poder público ainda se livra de ter de aguardar a morosidade do Judiciário para reaver os valores desviados. “Com a lei não será necessário aguardar o moroso processo judicial que existe hoje no país, em que o excesso de recursos protelatórios faz com que um processo na Justiça dure quinze ou vinte anos”, afirma.

“Não tenho dúvida de que a Lei Anticorrupção estabeleceu um novo grau de responsabilização das empresas e uma nova relação com o poder público. Com a lei fica mais fácil responsabilizar as empresas porque passamos a ter a responsabilidade objetiva, que é aquela sem a necessidade de se provar a intenção ou de se comprovar o conhecimento do fato. Basta termos a confirmação de que o fato ocorreu e que a empresa tinha interesse ou se beneficiaria com aquele fato”, completa o advogado Luiz Navarro, ex-secretário-executivo da CGU e um dos idealizadores da nova legislação. “Quando se pensou a lei, a ideia era que a empresa sempre fosse responsabilizada. Se a lei pudesse ser aplicada no caso da operação Lava Jato, as empreiteiras não seriam poupadas”, afirma.
A Lei Anticorrupção, em vigor desde 29 de janeiro deste ano, mas ainda à espera de regulamentação pela presidente Dilma Rousseff, não pode ser utilizada para punir os desmandos de empresários e empreiteiras envolvidos no atoleiro de corrupção na Petrobras, mas parte de suas inovações, como a possibilidade de acordos de leniência com corruptores, deve ser colocada em prática pela CGU para mapear detalhes da trama criminosa, exigir ressarcimento dos cofres públicos e fixar multas milionárias às companhias malfeitoras. “No caso da Lava Jato, as empresas podem chegar a um acordo, denunciar quem praticou os atos e quem recebeu dinheiro da corrupção, restituir os cofres públicos, pagar altas multas como pena e então não ser impedidas de participar de novas licitações”, explica Navarro.
Responsável por mediar as prováveis negociações, o ministro Jorge Hage já recebeu pedido de uma das empresas citadas na Lava Jato para firmar um acordo de leniência e da holandesa SBM Offshore, que admitiu ter pago propina a funcionários da Petrobras. No governo, a estimativa é que as demais empresas citadas na operação da Polícia Federal recorram ao mesmo caminho para conseguir manter a condução de obras e evitar o risco de serem declaradas inidôneas. Nos Estados Unidos, um dos países que serviu de inspiração para a elaboração da lei anticorrupção, 95% dos casos de irregularidades envolvendo empresas acabam em acordo, segundo estatísticas apresentadas pelo governo brasileiro.
Apesar de poder ser utilizada parcialmente contra as empresas citadas na Lava Jato – na prática, como estímulo a acordos de leniência –, a aplicação completa da lei, inspirada em modelos da Alemanha, Reino Unido, França, Estados Unidos, Chile, Colômbia e México, esbarra há quase um ano na paralisia do Palácio do Planalto, que não regulamentou trechos importantes da nova legislação. Sem um decreto presidencial, a Lei Anticorrupção permanece sem parâmetros para dosimetria de multas a empresas corruptoras ou para atenuantes a companhias que tiverem aderido a políticas de governança e integridade. Depois de ter prometido, no início do ano, a regulamentação rápida da lei, o ministro Jorge Hage voltou a dizer nesta semana esperar que a pendência seja resolvida “brevemente”. Diante de um escândalo de outra galáxia, como bem classificou o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes, é difícil entender a resistência de Dilma.

Terreiros de candomblé passam a ter mesmo direitos de igrejas

Terreiros de candomblé passam a ter mesmo direitos de igrejasTerreiros de candomblé passam a ter mesmo direitos de igrejas
O decreto foi assinado pelo prefeito de Salvador (BA) e garante até mesmo a imunidade tributária
O prefeito de Salvador (BA), ACM Neto, assinou um decreto que garante aos terreiros de Candomblé os mesmos direitos jurídicos e administrativos que igrejas e templos de outras religiões já possuem.
O decreto foi publicado no Diário Oficial do Município (DOM) na última quinta-feira (20) e assinado durante a inauguração do Observatório Permanente da Discriminação Racial e Violência contra LGBT.
Com esse decreto os templos de religiões como Candomblé, Unzon, Mansu, Centros de Caboclo, Centros de Umbanda, Kimbanda, Ilê, Ilê Axé, Kwé e Humpame passam a ter direitos como a imunidade tributária e facilidade para se organizarem juridicamente como instituições e ainda fazer a regularização fundiária.
De acordo com a prefeitura de Salvador, a capital baiana tem mais de 1,2 mil terreiros dessas religiões e comunidades e o poder público tem o dever de proteger o patrimônio religioso deles.
“Essas entidades possuem formas próprias de organização e são de extrema importância cultural, social e econômica, utilizando conhecimentos, inovações e práticas geradoras e transmitidos pela tradição”, disse Ivete Sacramento, secretária municipal de Reparação.
O prefeito ACM Neto também comentou sobre o decreto dizendo que a partir dele “as instituições enquadradas nessas características passam a gozar de todas as prerrogativas dos templos de outras religiões, inclusive do ponto de vista tributário

Morre Seu Lunga, sucateiro que se tornou um personagem da cultura nordestina

seu lungaO sucateiro que se tornou um personagem da cultura popular nordestina, Joaquim Santos Rodrigues, conhecido como "Seu Lunga", morreu hoje pela manhã, por volta de 9h30, aos 87 anos, em decorrência de um câncer no esôfago. Ele estava internado no hospital São Vicente, em Barbalha. Seu Lunga morava com a esposa Carmelita Rodrigues Camilo e foi desse matrimônio que nasceram 13 filhos. Desses, há 11 vivos. Dois deles morreram em
decorrência do mesmo problema do pai.

Biografia
Joaquim dos Santos Rodrigues nasceu em 18 de agosto de 1927, no Sítio Gravatá no município de Caririaçu, e viveu a infância com os pais e sete irmãos no município de Assaré. Recebeu um apelido por uma senhora, que era vizinha, e passou a chamá-lo de Calunga, que mais adiante se reduziu para Lunga. Com 16 anos de idade foi morar no município de Juazeiro do Norte. Casou em 1951 e tornou-se pai de treze filhos. Lunga era dono de uma sucata em Juazeiro do Norte que vendia de tudo, desde aparelhos de televisão a frutas.

Processo
Em 2011, Seu Lunga venceu um processo contra o cordelista Abrahão Batista, que utilizava o apelido do sucateiro em suas publicações. "Eu não desejo nenhuma indenização. Quero somente que ele deixe de escrever mentiras em meu nome", disse, à época, ao Diário do Nordeste. Abrahão publicou o cordel com o título "As histórias de Seu Lunga, o homem mais zangado do mundo", que narra frases e respostas atribuídas ao comerciante. 
Boatos
Em 26 de julho de 2013, Seu Lunga enfretou boatos que circularam na internet de que ele havia sido assassinado. Em entrevista ao Diário do Nordeste, respondeu ao estilo que o fizeram famoso: “Quero saber quem é o ‘fela da puta’ que disse isso. Agora vou viver mais 100 anos!”, desabafou
blogdodiomararaujo.blogspot.com.br/






PREVISÃO DE ROMBO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL SOBE PARA R$ 49,2 BI

A ESTIMATIVA DE DÉFICIT DA PREVIDÊNCIA, NO INÍCIO DO ANO, ERA DE R$ 40,1 BILHÕES

Foto: EBC
PORTAL DE NOTÍCIAS DE SENADOR SÁ
O governo elevou a previsão de déficit da Previdência Social neste ano de R$ 40,601 bilhões para R$ 49,192 bilhões. A previsão de receitas da Previdência foi reduzida em R$ 500 milhões, enquanto a estimativa das despesas foi ampliada em R$ 8,091 bilhões. De acordo com o Ministério do Planejamento, a revisão se deve à atualização tanto dos parâmetros macroeconômicos quanto dos dados realizados até o mês de outubro.
O rombo deste ano só não será maior porque o governo aumentou em R$ 3,586 bilhões a previsão de repasse do Tesouro para a Previdência para cobrir a renúncia fiscal com a desoneração da folha de salários das empresas.
Segundo o quinto relatório bimestral de reprogramação do Orçamento, divulgado ontem (21), as despesas do Tesouro com a desoneração da folha serão de R$ 14,586 bilhões.
A estimativa de déficit da Previdência, no início do ano, era de R$ 40,1 bilhões e foi contestada pelo ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves, que afirmou que déficit ficaria na casa dos R$ 50 bilhões.
Depois de ser pressionado pela área econômica, o ministro voltou atrás na sua estimativa. O mal-estar levou o Ministério da Previdência Social a suspender as entrevistas mensais para divulgação do resultado do INSS.