23/07/2014

SERRA: CAMPANHA DE AÉCIO ESTÁ SÓ NO AQUECIMENTO


Cacalos Garrastazu: José Serra, ao lado de Antonio Anastasia e Aécio Neves, faz campanha pelas ruas de Varginha, no Sul de Minas. Minas Gerais, 30/08/2010 – Foto Cacalos Garrastazu/ObritoNews
Ex-governador de São Paulo José Serra saiu em defesa do presidenciável tucano Aécio Neves sobre a polêmica em torno da construção de um aeroporto em terras que pertenceram a seus familiares; segundo ele, isso não significa nenhuma questão de benefício; quanto ao desempenho do tucano na corrida pela Presidência, disse que a campanha eleitoral será avaliada depois que começar o horário eleitoral; “Por enquanto, é só aquecimento”
No lançamento de seu livro "Cinquenta anos esta noite", no Rio de Janeiro, o ex-governador de São Paulo José Serra saiu em defesa do presidenciável tucano Aécio Neves. 
Em meio à polêmica sobre a construção de um aeroporto em terras que pertenceram a familiares de Aécio Neves, em seu segundo mandato como governador de Minas Gerais, Serra não disse ver problema: 
“Acho que não houve nada. Você pavimentar aeroportos no interior de repente bate na sua família, mas isso não significa que seja um proveito. Eu fui governador, não tenho familiares no interior e, se tivesse, provavelmente tinha passado perto. Se você faz um programa de aeroportos bom, isso não significa nenhuma questão de benefício”, disse. 
Sobre o desempenho do tucano na corrida pela Presidência, disse ainda não dá para avaliar: “Campanha eleitoral a gente vai avaliar depois que começar o horário eleitoral. Por enquanto, é só aquecimento”, completou. Serra é candidato ao Senado pela chapa tucana em São Paulo.

quarta-feira, julho 23, 2014Sem Comentarios

AÇÃO POPULAR PEDE CAMPOS COMO RÉU POR IMPROBIDADE

:
Desapropriação de terrenos na Zona da Mata, interior de Pernambuco, para implantação de distrito industrial e fábrica da montadora Fiat leva advogado Péricles Henrique Ferreira da Silva a pedir inclusão como réu, em ação popular, do presidenciável Eduardo Campos em processo por improbidade administrativa; Estado teria sido prejudicado em R$ 204 milhões por mudança de finalidade de áreas desapropriadas de Companhia Agroindustrial de Goiana; teria ocorrido uma "desapropriação amigável"
A desapropriação de uma série de terrenos na região da Zona da Mata, no interior de Pernambuco, em 2011, levou o advogado Péricles Henrique Ferreira da Silva a incluir o então governador e atual candidato do PSB a presidente, Eduardo Campos, como um dos réus numa ação popular que deu entrada, em abril deste ano, no Tribunal de Justiça de Pernambuco. A acusação é por improbidade administrativa, o tipo de expressão que costuma levar preocupação para qualquer campanha eleitoral. Procurada por Pernambuco 247, a assessoria da campanha do PSB informou que o candidato desconhece o processo, uma vez que não foi notificado oficialmente.
A ação popular trata da desapropriação de uma série de terrenos, localizados no município de Goiana, na Zona da Mata Norte do Estado, que seriam empregados na construção de um distrito industrial e na implantação da fábrica da Fiat. Segundo a ação, além do desvio da finalidade que teria sido a razão das desapropriações, o pagamento dos terrenos teria sido feito acima dos preços praticados pelo mercado, e de forma a beneficiar uma outra empresa, a Companhia Agroindustrial de Goiana (Caig). A transação teria resultado em prejuízos de R$ 204 milhões aos cofres públicos.  O procurador-geral do Estado, Thiago Arraes de Alencar Norões, também aparece como réu na ação.
De acordo com a ação popular impetrada pelo advogado Péricles Henrique Ferreira da Silva, em março deste ano, o Governo de Pernambuco teria declarado, no dia 08 de agosto de 2011, como fins de utilidade pública sete engenhos pertencentes à Companhia Açucareira de Goiana – Usina Maravilhas, para fins de desapropriação, que seriam destinados à implantação de um distrito industrial naquele município. No dia seguinte à publicação do decreto no Diário Oficial do Estado, o Governo teria firmado um novo acordo com a Caig visando a desapropriação de um outro engenho, o Terra Rica, o que acabou não acontecendo.
No dia 29 de novembro do mesmo ano, antes que as ações de desapropriação dos terrenos pertencentes à Usina Maravilhas fossem ajuizadas, o Governo do Estado e a Caig teriam firmado um acordo de permuta da posse das terras que seriam alvo da desapropriação. Pelo Segundo a ação, "a desapropriação amigável" permitiria que "os imóveis a serem desapropriados da usina Maravilhas serão incorporados ao patrimônio da outorgada [Caig], através da celebração do adequado instrumento jurídico, observadas as formalidades legais e legislativas", diz o documento.
O desvio de finalidade estaria configurado, ainda segundo a ação popular, uma vez que os terrenos poderiam ser destinados a implantação do distrito industrial ou para a construção da Fiat "ou serem dados em pagamento de outras áreas".  "A desapropriação só pode acontecer para fins de interesse público e não pode ser utilizada como forma de pagamento. Se for para pagar, o Estado teria que desembolsar este dinheiro e não efetuar uma permuta como fez", diz um advogado que acompanha o andamento do caso.
Ainda segundo a ação popular, por este instrumento foi possível concretizar a permuta de 258,16 hectares de terras pertencentes à Caig por 6,173 hectares da Usina Maravilhas, uma área 24 vezes superior a que de fato ficou em poder do Estado. Os terrenos em questão são áreas vizinhas e com topografia similar, com acesso pela BR-101 e valores de mercado assemelhados.
Nesta transação, o Estado teria pago R$ 80,5 milhões pela desapropriação dos terrenos da Usina Maravilhas, que depois foram repassados à Caig, a um valor acima de mercado e que teria ocasionado prejuízos de pouco mais de R$ 10 milhões a Tesouro Estadual.
O Governo de Pernambuco também teria perdoado R$ 100 milhões do passivo tributário da empresa que estaria inscrito na dívida ativa do Estado.  Além disso, a Caig teria sido autorizada a colher sem ônus a cana-de-açúcar existente nos terrenos, totalizando R$ 24,1 milhões.
Ao ter conhecimento do processo, a 25ª vara Federal da Fazenda solicitou, sem sucesso, a penhora e o bloqueio da conta corrente da Usina Maravilhas e da sua coligada, a Usina Cruangi, em função delas e outras empresas ligadas ao grupo estarem inscritas na dívida ativa da União como devedoras de R$ 270,4 milhões. Juntando toda a operação, o prejuízo ao Estado teria chegado a R$ 204 milhões.
Segundo Péricles Henrique, a ação foi impetrada nominalmente por ele "como cidadão, advogado e eleitor" com o objetivo de evitar danos maiores ao erário público. Procurada pela reportagem do Pernambuco 247, a assessoria do ex-governador e presidenciável Eduardo Campos informou desconhecer a ação judicial por ainda não ter recebido nenhuma notificação sobre o assunto.
quarta-feira, julho 23, 2014Sem Comentarios

Lula está surpreso com alta rejeição ao PT




O ex-presidente Lula (PT) se disse surpreso com o grau de rejeição ao PT e reconheceu que a imagem do partido pode ter se desgastado antes do que previa. A revelação foi feita em conversa recente com um aliado, segundo a coluna Painel, da Folha de S. Paulo. Lula esperava que o eleitorado acusasse a “fadiga de material” apenas em 2018, na próxima corrida presidencial.
Esse sentimento, portanto, não comprometeria a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT). Com o novo diagnóstico, o ex-presidente entende que é preciso repensar o discurso para manter o PT no poder.
quarta-feira, julho 23, 2014Sem Comentarios

Eleitor dá nota 5,4 ao governo e mostra eleição difícil para Dilma


A nota média dada pelo eleitor ao governo de Dilma Rousseff ficou dois pontos abaixo da que Lula teve em junho de 2010, quando recebeu 7,8 dos entrevistados pelo Ibope. Dilma recebeu 5,4 numa avaliação que valia de 0 a 10.
O resultado pode ser explicado pela diferença de percepção do eleitor atual e a do eleitor de 2010, quando 72% achavam que seu poder de compra havia melhorado nos últimos dois anos, agora essa parcela é de apenas 42%. A Copa também impactou a maneira pela qual os brasileiros avaliam o governo Dilma.
De acordo com dados do Ibope, 31% dos eleitores avaliam o atual governo como positivo, 33% considera ruim ou péssimo e 36% consideram regular. Em 2010 a proporção de brasileiros que consideravam o governo Lula como ótima e boa era de 75%. Apenas 5% diziam que estava sendo ruim ou péssimo.
O Ibope ouviu 2.002 pessoas em 143 municípios do País entre os dias 18 e 21 de julho.
quarta-feira, julho 23, 2014Sem Comentarios

Deputado Hermínio Rezende abandona PT-PROS e vai apoiar Eunício e Tasso

HerminioResendeAL
O deputado Hermínio Rezende provoca uma baixa na campanha do PROS. Eleito pelo PSL, sempre foi ligado ao governo Cid Gomes.
Hermínio Rezende está filiado ao PROS, onde seguiu junto com o grupo do governador para a nova legenda. Hoje, ele anuncia que desembarca do apoio aos candidatos da coligação PT-PROS e vai seguir outro caminho. Vai apoiar a dobradinha Eunício-Tasso e Aécio.

quarta-feira, julho 23, 2014Sem Comentarios

Tasso no Cariri

tasso e aécio
Candidato ao Senado, Tasso Jereissati foi surpreendido no Cariri de forma positiva. Um grupo de deputados, prefeitos lideranças políticas e empresariais foi ao seu encontro e caminhou junto com ele.
Tasso Jereissati aproveitou e prometeu rever valores e buscar apoio para projetos de desenvolvimento como atração de empresas, geração de negócios e oportunidades para o Cariri.
quarta-feira, julho 23, 2014Sem Comentarios

Jingle do Tasso Senador 456




quarta-feira, julho 23, 2014Sem Comentarios

Uma nova opção na cidade de Senador Sá: A Sorveteria ponto do Milk Shake foi inaugurada

A empresária Hosana Sampaio, mais uma vez inovou, após abrir em sua residência, agora inaugurou na cidade de senador Sá sua própria sorveteria ponto do Milk Shake. A inauguração aconteceu neste sábado, 19, onde amigos, familiares e a esposo Pedro Sampaio e o fi trião Bispo da arquidiocese de Sobral Dom Odeli Jose Magri, e também o padre Mailson de Senador Sá e o Pe. Gonçalo de pinho Gomes (vigário geral paróquia da sé), o Bispo Dom Odeli fez uma oração de agradecimento a Deus  pelo novo empreendimento, puderam experimentar os deliciosos sabores do Milk Shak.
O lugar ficou um charme e é mais um novo point da galera, principalmente neste verão e fica no centro da cidade, ao lado da Igreja Matriz.


                          Pe. Gonçalo de pinho Gomes (vigário geral paróquia da sé)
                                                           Padre Mailson
                                                        Dom Odeli Jose Magri






quarta-feira, julho 23, 2014Sem Comentarios

22/07/2014

IBOPE - Dilma cai, Aécio sobe para 22%



Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (22) mostra a presidente Dilma Rousseff (PT) na frente da disputa, com 38% dos votos. Ela é seguida pelo tucano Aécio Neves, com 22%, e por Eduardo Campos (PSB), com 8%.

O candidato Pastor Everaldo (PSC) tem 3% das intenções de voto. Eduardo Jorge (PV), Luciana Genro (PSOL) e Zé Maria (PSTU) possuem 1% cada. Os demais candidatos não pontuaram. 

Os votos brancos e nulos correspondem a 16% do total; 9% não souberam responder. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que significa que o Ibope tem 95% de certeza de que os números estão dentro da margem de erro.

Esta é a primeira pesquisa do Ibope após o registro das 11 candidaturas a presidente no TSE, no último dia 5. Na pesquisa anterior, realizada pelo Ibope em junho, Dilma tinha 39% das intenções, Aécio, 21% e Campos, 10%.

Ao todo, 2.002 pessoas foram entrevistadas em 143 municípios entre 18 e 21 de julho. A pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-00235/2014. A pesquisa foi contratada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S. Paulo".
terça-feira, julho 22, 2014Sem Comentarios

Homen é baleado Dentro do Tribunal de Justiça de Alagoas

 
Sargento da PM baleado agoniza no chão enquanto aguarda socorro (Foto: Natália Souza/G1)

Um homem foi baleado na cabeça dentro do Tribunal de Justiça de Alagoas, localizado no centro de Maceió, na manhã desta terça-feira (22). 

A vítima foi identificada por colegas de trabalho como Silva, sargento da Polícia Militar. Ele foi levado em um carro do TJ ao Hospital Geral do Estado (HGE) em estado grave.

Quando aconteceu o incidente, os desembargadores tinham acabado de suspender a sessão que julgava um recurso da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE). 

A ALE tentava reverter a decisão da Justiça de suspender o corte no repasse da verba ao Ministério Público do Estado de Alagoas (MP-AL) para o exercício 2014.

De acordo com funcionários do TJ, o sargento fazia a segurança e também era motorista do desembargador João Luiz Lessa. O capitão Vilar, colega do sargento, acredita que ele tenha atirado contra si memso, já que não foi visto nenhum suspeito fugindo do local, entretanto, o fato ainda será apurado pela polícia.

O desembargador Tutmés Airan diz que Silva era conhecido por ser brincalhão e era considerado uma pessoa tranquila. "Hoje de manhã ele falou que haviam sequestrado a esposa e o filho, mas nós pedimos à polícia para checar a informação e essa hipótese foi descartada", informou o desembargador Tutmés Airan, que lamentou o ocorrido.

Após ser baleado, Silva ficou agonizando na rampa que dá acesso ao pleno do TJ. A todo momento, enquanto aguardava socorro, ele repetia que era inocente.

A assessoria de comunicação do HGE informou que o estado de saúde da vítima é grave, mas estável. Silva passou por um raio-X e ficará em observação, aguardando avaliação de um cirurgião.
terça-feira, julho 22, 2014Sem Comentarios

Eleições 2014: Surge primeira denúncia de uso da máquina pública nas eleições em Quixadá


Causou estranheza a visita feita pela Deputada Rachel Marques a um assentamento localizado na periferia de Quixadá na tarde desta terça-feira, 22. De fato, populares denunciaram à nossa reportagem que um veículo oficial do Governo do Estado estava sendo utilizado no que parecia ser campanha eleitoral.
A Deputada petista estava acompanhada de seu marido, o ex-prefeito Ilário Marques e de um executivo da Secretaria das Cidades, do Governo de Cid Gomes.
Conforme os assentados confirmaram a editores do Monólitos Post, os políticos prometeram empenho para conseguir assegurar moradias novas para eles. Em contrapartida, ficou claro para todos eles que deveriam votar na candidata do PT.
Resta avaliar se foi lícito o uso do veículo oficial do Estado, já que a visita tinha tom de campanha eleitoral e não de cumprimento de missão oficial do funcionário do governo, o que poderia se configurar como uso da máquina pública em esforço de campanha.


http://www.forquilhaportaldenoticias.com/
terça-feira, julho 22, 2014Sem Comentarios

Os números contra Dilma Rousseff

Pesquisa mostra que a presidente-candidata mantém a dianteira, mas todos os dados apontam para um declínio da petista – inclusive no Nordeste, onde o PT sempre teve desempenho acima da média


Em Brasília, Dilma Rousseff aguarda a chegada do presidente angolano, José Eduardo dos Santos, no Palácio do Planalto
NUVENS NEGRAS – A presidente-candidata Dilma Rousseff: pesquisas indicam que o caminho para a reeleição será muito mais árduo do que o PT previa (Ueslei Marcelino/Reuters)
A pouco mais de três meses das eleições, a presidente-candidata Dilma Rousseff tem diante de si um panorama cada vez mais desafiador. O último levantamento do Datafolha aponta que o segundo turno é muito provável. E, no segundo turno, Dilma tem 44% das intenções de voto contra 40% de Aécio Neves (PSDB). Como a margem de erro é de dois pontos percentuais, há empate técnico pela primeira vez.
A queda nas pesquisas é lenta mas contínua. Em fevereiro, por exemplo, o Datafolha mostrava Dilma com 54% das intenções de voto no segundo turno. Aécio tinha 27%. Contra Eduardo Campos (PSB), o placar era de 55% a 23% a favor de Dilma. 
Alguns dados específicos ajudam a compreender as dificuldades da campanha petista – que, duas semanas após o início do período eleitoral, ainda não foi às ruas. O cenário é pior nas grandes cidades, que normalmente antecipam tendências gerais do eleitorado. Nos municípios com mais de 500.000 habitantes, a avaliação positiva do governo passou de 30% para 25% do eleitorado. Os que rejeitam a gestão de Dilma agora são 37%, ante 31% no último levantamento. Ela perderia as eleições nessas cidades, assim como nos municípios que têm entre 200.000 e 500.000 moradores.
A rejeição de Dilma é maior do que a de todos os candidatos presidenciais vencedores desde 1994, considerado o momento da campanha. Hoje, 35% dos eleitores não votariam na presidente de forma alguma. Também por isso, a possibilidade de uma vitória de Dilma no primeiro turno são reduzidas: Dilma tem pouco potencial de crescimento e dificilmente ultrapassará os 40%. 

Dessa forma, ganham relevância os número sobre um eventual segundo turno. É por isso que o empate técnico com Aécio assusta os petistas. "Eu, no lugar dela, eu estaria muito preocupado com a possibilidade de haver um segundo turno, que é o que tudo indica", diz o professor Ricardo Caldas, do Instituto de Ciência Política da Universidade de Brasília. Caldas também afirma que, embora possa haver exceções, as tendências dos grandes centros costumam influenciar o restante da população. Ou seja: a queda mais acentuada de Dilma nas grandes cidades é um péssimo sinal para a campanha da petista. Mas não foi só lá que as intenções de voto da petista se reduziram.

Faixas e redutos – No Nordeste, que desde 2002 é uma fortaleza eleitoral dos presidenciáveis petistas, Dilma caiu de 55% para 49% nas intenções de voto para o primeiro turno, de acordo com o último Datafolha. Enquanto Dilma faz campanha apenas na internet, os principais adversários da petista priorizam os estados nordestinos. Nesta fim de semana, Eduardo Campos vai visitar o Crato (CE). Aécio Neves viaja a Juazeiro do Norte (CE), onde vai participar das cerimônias pelos 80 anos da morte do Padre Cícero.
Das quatro faixas de renda consideradas pelo Datafolha, Dilma perderia o segundo turno em três, no cenário em que o adversáro é Aécio Neves. Ela venceria apenas entre os eleitores com renda familiar de até dois salários mínimos, onde ela perdeu três pontos percentuais na última pesquisa. Dilma também é derrotada no segundo turno entre os eleitores escolaridade de nível médio ou superior. Venceria somente no grupo que estudou até o ensino fundamental.
A presidente tem nas mãos a máquina do Estado e uma militância muito mais numerosa e capilarizada do que PSDB e PSB. Além disso, ela tem quase o dobro do tempo de TV de seus dois principais adversários somados. E, no último Datafolha, os três perderam apoio na faixa dos eleitores que têm renda familiar acima de dez salários mínimos. É um sinal de que as escolhas ainda são voláteis. Hoje, 53% dos eleitores conhecem Dilma "muito bem", mas apenas 17% respondem o mesmo sobre Aécio Neves, e 7% a respeito de Eduardo Campos.
Aécio Neves e Eduardo Campos não têm crescido significativamente nos números do primeiro turno, apenas quando o confronto é direto com Dilma Rousseff - ou seja, nas sondagens sobre o segundo turno. Isso indica que boa parte do eleitor é contra Dilma e votaria no candidato que pudesse derrotá-la, mas não tem forte afinidade com Aécio ou Campos. 
Para O PT, portanto, é mais importante melhorar a imagem da presidente do que atacar os adversários. O problema é que os petista já vêm tentando fazer isso há um ano, desde que as grandes manifestações de rua iniciadas em junho de 2013 tomaram o país. E a estratégia teve pouco efeito.


Dilma convocou representantes de setores diversos para dialogar. Intensificou as viagens pelo Brasil, mesmo que para inaugurar obras pouco importantes. Abusou do direito de convocarcadeia de rádio e televisão. Passou a fazer discursos mais longos, com menções aos projetos-vitrine de seu governo. Tratou a Copa do Mundo como se fosse um programa de governo e multiplicou as críticas ao que chamou de "pessimistas". Adotou a retórica de candidata, com ataques políticos, em eventos oficiais. 

Mas não adiantou. Na Copa, por exemplo, Dilma compareceu apenas à abertura e à final. Foi vaiada e hostilizada nos dois jogos. As aparições da presidente diante de uma plateia comum, não selecionada por sua lealdade política (como acontece nos eventos da Presidência) serviu para mostrar o quão grande é a rejeição da petista. Serão quinze semanas imprevisíveis até a eleição.
terça-feira, julho 22, 2014Sem Comentarios

Raimundinho da funerária fecha com Eunício e Tasso e Aécio

Raimundo Cordeiro PSDB foi prefeito de Russas duas vezes. Por ser carismático, a população o chama de Raimundinho da funerária.
Ele tem uma empresa que administra cemitérios e vende planos funerários, além de realizar  velórios e sepultamentos.
Ontem à noite, Raimundinho da funerária desistiu da disputa para apoiar Eunício e Tasso na sucessão estadual.

terça-feira, julho 22, 2014Sem Comentarios

Ibope também divulgou a rejeição dos candidatos para o governo do Ceará

O Ibope também perguntou em qual candidato o eleitor não votaria de jeito nenhum.
Veja os números:

- Camilo Santana (PT): 24%
- Ailton Lopes (Psol): 23%
- Eliane Novais (PSB): 22%
- Eunício Oliveira (PMDB): 14%
- Poderia votar em todos: 15%
- Não sabe/Não respondeu: 31%
terça-feira, julho 22, 2014Sem Comentarios

Com 58%, Tasso lidera pesquisa para o Senado

1.204 eleitores foram ouvidos entre os dias 18 e 20 de julho


O Instituto Ibope revelou nesta terça-feira (22) que o ex-senador Tasso Jereissati segue disparado em intenções de votos na corrida para o cargo de senador do Ceará nas eleições deste ano.
A pesquisa revela o seguinte quadro para a disputa ao senado:

Tasso Jereissati (PSDB) - 58%
Mauro Filho (PROS) - 14%
Raquel Dias (PSTU) - 5%
Geovana Cartaxo (PSB) - 2%
Brancos/nulos - 11%
Não sabe/não responderam - 10%

 Com 95% de confiança e percentual de erro em 3 pontos percentuais para mais ou para menos, a pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) sob o número CE-0010/2014 e no Superior Tribunal Eleitoral sob o número 233/2014.

terça-feira, julho 22, 2014Sem Comentarios

Eunício Oliveira tem 44% e Camilo Santana, 14%

Pesquisa do Ibope revela maioria das intenções de voto para o candidato do PMDB



A pesquisa foi realizada entre os dias 18 e 20 de julho e entrevistou 1.204 eleitores em 60 cidades do Ceará. Com nível de confiança de 95% e margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos, o relatório revela o seguinte cenário para o primeiro turno da disputa pelo governo do estado:
Eunício Oliveira (PMDB) - 44%
Camilo Santana (PT) - 14%
Eliane Novais (PSB) - 6%
Ailton Lopes (PSOL) - 3%
Brancos/nulos - 15%
Não sabe - 18%

A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) sob o número CE-0010/2014 e no Superior Tribunal Eleitoral sob o número 233/2014.

3 prefeitos do PROS  vão anucias a poio ao Eúnicio e Tasso
terça-feira, julho 22, 2014Sem Comentarios

CATUNDA AGORA TEM MAIS UMA OPÇÃO EM RÁDIO


O MUNICÍPIO DE CATUNDA AGORA TEM MAIS UMA OPÇÃO EM RÁDIO

Rádio FM Web de Catunda; funcionando 24Hs através da internet onde a população poderá ouvir pelo computador ou pelo celular em qualquer parte do mundo. 

terça-feira, julho 22, 2014Sem Comentarios

GOVERNO DE MINAS APRESENTA DOCUMENTO QUE COMPROVA QUE AEROPORTO EM CLÁUDIO (MG) FOI CONSTRUÍDO EM ÁREA DO ESTADO



A área em que foi construído o aeroporto de Cláudio pertence ao Estado desde 14 de março de 2008, não sendo portanto verdadeiras as afirmações de que o mesmo teria sido construído em terreno particular pertencente a familiares do ex-governador Aécio Neves.

A área em que funciona o aeroporto foi desapropriada pela Justiça e sua posse transferida ao Estado em 14 de março de 2008. As obras começaram no início de 2009.

Na verdade, não se trata de um novo aeroporto, mas de melhorias numa antiga pista de pouso existente no local há mais de 20 anos.

A propriedade do Estado sobre a área é irreversível desde março de 2008. A ação que existe na Justiça se refere apenas ao valor da desapropriação, uma vez que o antigo proprietário não concordou com as bases fixadas pelo Estado e reivindica valor maior.

Veja aqui parte final do processo de desapropriacao, em que o procurador do estado Dr. Cléber Reis Grego, recebe a área em nome do Estado.
terça-feira, julho 22, 2014Sem Comentarios

PSDB reage e aciona ANAC e Dilma por uso eleitoreiro da máquina pública no caso do Dossiê Folha-PT.


Para quem não lembra, a ANAC era feudo da Rose do Lula, que lá montou um antro de corrupção.

A campanha de Aécio está entrando com ação contra a ANAC e contra Dilma Rousseff por uso da máquina pública no caso do aeroporto de Cláudio. Para o PSDB, a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) fez disputa eleitoral ao divulgar uma nota na segunda-feira argumentando que o aeroporto não poderia operar por não ter autorização do órgão. "A conduta da Anac é vedada pela lei eleitoral, que não permite o uso da estrutura do Estado contra quem quer que seja ou para beneficiar quem quer que seja", afirmou o deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP), coordenador jurídico da campanha de Aécio.

NOTA COLIGAÇÃO "MUDA BRASIL"

Não é de hoje que o PSDB tem denunciado o uso da máquina pública federal em favor da candidatura da Presidente Dilma Rousseff, inclusive com decisão do TSE já reconhecendo essa prática e aplicando multa a entidade pública. Desta vez, o abuso em favor do PT é da Anac, praticando conduta vedada pela legislação eleitoral.

É vergonhosa a utilização de mais uma estrutura do estado para perseguir adversários políticos do governo. Estamos representando junto ao TSE contra a Anac e contra a Presidente Dilma para que este ato seja punido de forma rigorosa.

Registramos, por fim, que o processo de homologação do Aeroporto de Claudio junto à Anac vem ocorrendo de forma legal e transparente como comprovam os inúmeros ofícios trocados entre os órgãos federais e o governo do estado desde 2011. Tanto é verdade que foi a própria Secretaria Nacional de Aviação Civil que, em abril de 2014, transferiu a jurisdição do Aeroporto de Cláudio para o Estado de Minas Gerais sem que qualquer irregularidade fosse indicada.


Carlos Sampaio - Coordenador Jurídico do PSDB Nacional
terça-feira, julho 22, 2014Sem Comentarios

Deputado do Pros desiste da reeleição para apoiar Eunício e Tasso

herminio resende
O deputado estadual Hermínio Resende (Pros) confirmou nesta segunda-feira (21) que renunciou da disputa à reeleição deste ano. Alegando “problemas pessoais e familiares”, o parlamentar – que é do mesmo partido de Cid Gomes (Pros) – afirma que apenas apoiará candidatura de Eunício Oliveira (PMDB) ao governo do Estado e Tasso ao senado.
Segundo Hermínio Resende, a decisão foi influenciada pela indicação de Camilo Santana (PT) para disputar o governo do Estado. “Vou pedir voto para o Eunício porque o meu partido não lançou candidato. Me explica isso, como um partido que tem o governador, o vice, não sei quantos deputados, com cinco nomes excelentes, pega um nome de outro partido?”, diz.
Notícia da renúncia de Hermínio foi recebida com surpresa no meio político. Até esta segunda, o nome do deputado ainda era bastante cotado para disputar a reeleição. Segundo ele, decisão de desistir da disputa seguiu pedidos de sua família, após problemas pessoais.
Apesar de se negar ser “político profissional”, o deputado – que atende diariamente como médico oftalmologista em Fortaleza – garantiu que pedirá votos de amigos ao candidato peemedebista. “Não sou político profissional, não tenho prefeito nem vereador. Mas vou pedir votos”, diz.
O parlamentar, no entanto, elogia Cid e diz esperar que o vencedor do pleito mantenha bom padrão de governo das últimas gestões no Estado. “O Ceará mudou muito nos últimos anos, e espero que continue assim”, diz.
(O POVO Online)
terça-feira, julho 22, 2014Sem Comentarios

Eunício Oliveira conquista apoio de Pedim PT de Acaraú

Eunício Acaraú
Após uma reunião na noite desta segunda-feira, com o intermédio do deputado João Jaime, Pedim do Cleto (PT) de Acaraú votará com Eunício e Tasso. Pedim teve uma expressiva votação na eleição de 2012 quando se candidatou a prefeito, sendo derrotado por diferença mínima de votos. Um dos assuntos abordados na conversa foi o funcionamento do Hospital Regional de Acaraú.
O Deputado João Jaime tem sido um forte articulador de Eunício e Tasso em toda região norte do Estado.
terça-feira, julho 22, 2014Sem Comentarios

QUE FEIO FOLHA ... SÓ PERDEU CREDIBILIDADE ... AINDA BEM QUE A CADA ACUSAÇÃO MENTIROSA O AÉCIO COMPROVA A VERDADE

A Folha de São Paulo perdeu credibilidade e isenção ao contratar o coordenador do MTST Guilherme Boulos, para ser colunista do jornal.
A Folha de São Paulo perdeu credibilidade e isenção ao contratar o coordenador do MTST Guilherme Boulos, para ser colunista do jornal.

A matéria da Folha sobre o Aeroporto na cidade de Cláudio-MG, que afirma ter sido construída em propriedade de parentes do Aécio não se sustenta.
Isso é factoide político da campanha do PT em razão do crescimento do Aécio nas pesquisas.
Pesquise no Google e encontrará todas as respostas que contradizem o jornalista vermelho da Folha.
Na página do senador Aécio Neves, aqui no face, são prestadas também informações objetivas e transparentes que revelam que a mentira tem perna curta, leiam no link abaixo:
terça-feira, julho 22, 2014Sem Comentarios

Aécio lança campanha para nordestinos

O jingle tem por finalidade aproximar o candidato dos eleitores da Região

Com intuito de conquistar mais eleitores nos estados do Nordeste, o candidato à presidência Aécio Neves (PSDB) publicou na última terça-feira, um vídeo com sua história contada por alguém com um sotaque nordestino e com uma batida de forró ao fundo.

Com o nome “Uma história no ritmo do Brasil”, a campanha ainda denomina o candidato como “cabra bom”.
A finalidade disto é aproximar Aécio dos eleitores da Região, onde seu nome aparece com 10% das intenções de voto, segundo uma pesquisa encomenda pela revista Carta Capital à Vox Populli. 
terça-feira, julho 22, 2014Sem Comentarios

Estado sem segurança: 24 homicídios são registrados no fim de semana

Relatório da Secretária de Segurança Pública e Defesa Social aponta para 14 assassinatos na capital


Desde a última sexta-feira (18), a SSPDS registrou 24 assassinatos no Ceará. Só em Fortaleza, foram 14 pessoas mortas. O interior do estado registrou 11 mortes por homicídio e mais dois casos aconteceram na Região Metropolitana de Fortaleza.
Na sexta-feira aconteceram assassinatos no bairro Cazajeiras e Bom Sucesso, em Fortaleza. Caucaia também registrou um homicídio, além dos municípios de Independência, Limoeiro do Norte e Jaguaribe.
 no sábado (19) foram cinco vítimas em Fortaleza.O dia considerado mais violento, segundo o boletim, foi o último domingo (20), onde sete pessoas foram assassinadas nos bairros Abreulândia, GenibaúMontese, Parque São José e no Parque Dois Irmãos. Outras oito pessoas foram vitimadas nos municípios de Senador Sá, Crato, Ererê, Russas e Tamboril.


terça-feira, julho 22, 2014Sem Comentarios